Bem vindos

Bem vindos
Neste blog vou colocar os selinhos que me dão e falar de tudo um pouco

domingo, 14 de outubro de 2012

Olá amigas! Hoje venho repartir com 
vocês este artigo que saiu na
newsletter activa.
Achei tão interessante
que não resisti em vos mostrar.
Espero que gostem!

Testes de saúde para fazer em casa!

Será que está a ouvir bem?

E a coluna como anda?

 Faça estes testes caseiros para verificar se está tudo bem consigo!




Qualquer visita ao médico tem tendência a ser stressante, sobretudo no caso dos homens, revelou um estudo conduzido pela Everyman Male Cancer Campaign. Na pesquisa verificaram que o número de homens que não visitava o médico de família há um ano  era quase o dobro das mulheres. Felizmente, há alguns testes de diagnóstico que podem ser feitos em casa – mas atenção! nunca devem servir de substituto para os exames feitos pelo médico de família.
Verifique o estado da sua coluna. É uma espécie de jogo do limbo caseiro que consiste em ir inclinando as costas para trás lentamente, como se estivesse a passar por baixo do pau do jogo do limbo. Segundo as estatísticas, quatro em cada cinco pessoas sofre de dores na coluna em algum momento da vida e, por isso, é importante descobrir se faz parte desses quatro. Se sentir dores ao fazer o teste significa que precisa de ir ao médico para confirmar o diagnóstico e, provavelmente, fazer algum tipo de tratamento.
Compreenda como o seu corpo processa comidaOutro teste caseiro consiste em ingerir milho para observar a reação do estômago. Porque é que isto é importante? Porque os atrasos no processamento da comida odem causar problemas de irritação dos intestinos, gastroenterite ou até tumores como cancro colorretal. Como o corpo não consegue digerir a parte externa dos grãos de milho, este teste é bom para medir o tempo entre a altura em que se come e a altura em que começa a observar a saída do milho nas fezes. Se ocorrer entre as 24 e 48 horas , muito bem, se demorar mais que 72 horas significa que o seu corpo está a processar comida lentamente. Pode haver outros fatores a afetar o sistema intestinal, se sentir preocupação, fale com o médico de família e explique o teste que fez.
Teste o estado dos seus pulmões O teste é muito simples: use as escadas enquanto conversa com um amigo. Segundo o Professor Stephen Spiro, vice-presidente da Fundação Britânica do Pulmão, se descobrir que fica sem ar ou que faz algum ruído tipo assobio, convém ir ao médico de família.
Teste as suas hormonas. Mãos que tremem podem ser sinal de que a sua tiróide é demasiado ativa ou tem mesmo hipertiroidismo. Isto tem mais tendência a acontecer em mulheres entre os 20 e os 40 anos. Para testar, estique a sua mão com a palma para baixo e coloque uma folha A4 em cima dela. Se o papel tremer visivelmente, é possível que tenha hipertiroidismo. Para confirmar esta possibilidade faça análises ao sangue.
Teste o seu cérebro. Teste a sua capacidade de coordenação. Pode fazer isto pedindo a um amigo que se sente à sua frente e vá mexendo o dedo. Cada vez que o dedo do seu amigo se mexer, você deve tocar no dedo dele e depois no seu nariz. Se tiver algum dano cerebral, pode ter tendência a não conseguir chegar ao dedo do seu amigo. Este é um teste particularmente útil se tiver algum familiar que desconfia que possa ter sofrido uma trombose mas ninguém estava presente.
Teste as suas artérias. Não é só o coração que pode ser afetado por elas, as pernas também podem sofrer gravemente devido a fraca circulação sanguínea. O teste que pode fazer para saber se tem algum problema arterial é conhecido como o teste de Buerger. Consiste em deitar-se na cama e elevar ambas as pernas num ângulo de 45º e segurá-las aí durante dois minutos. Se uma ou ambas as pernas ficarem pálidas, significa que tem má circulação de sangue devido ao bloqueio de artérias. Depois de fazer isto, deve colocar as pernas de lado na cama num ângulo de 90º. A gravidade aqui deverá ajudar a recuperar a circulação, mas em pernas com problemas a cor normal pode levar mais tempo a voltar e pode inclusivamente ficar demasiado vermelha. Isto acontece porque os seus pés estavam a ficar com tão pouco sangue que quando recebem sangue este flui demasiado rapidamente.
Teste a sua audiçãoPegue num relógio de pulso e vá para uma sala silenciosa. Tape uma orelha e coloque o relógio perto da outra orelha. Vá afastando o relógio da sua orelha. Uma pessoa com boa audição conseguirá ouvir o bater dos ponteiros até ter entre a sua orelha e o relógio o espaço de uma mão.
Teste o batimento do coração. É vital para prevenir ataques cardíacos e tromboses. Para testá-lo, ouça o seu ritmo. Pode fazer isto mantendo um das suas mãos com a palma para cima, colocando o dedo indicador e o dedo do meio da sua outra mão no interior do pulso da mão que está com a palma virada para cima. Verifique a regularidade do ritmo do batimento do seu coração imitando este batimento com o seu pé. Se este for regular, como se de um relógio se tratasse, então está tudo bem. Se o bater do seu pé for irregular, então convém visitar o seu médico de família para verificar se não tem alguma arritmia cardíaca.
O último teste é um dos mais importantes porque muitas pessoas se esquecem da importância de acompanhar o crescimento e a evolução dos seus sinais. Isto consiste essencialmente em, depois de ir ao médico de família, tirar uma fotografia do sinal que o preocupa e medi-lo e simplesmente repetir o processo seis meses depois. Se houver alguma alteração, será fácil de verificar e poderá contatar o seu médico rapidamente.
Como pode ver, estes testes caseiros são muito simples e ajudam rapidamente a perceber se há algo de errado. Pode ver estes e outros testes aqui.  E não se esqueça: se subsistirem preocupações vá ao seu médico de família.

8 comentários:

Sonia Facion disse...

Oi São!!!!

Que interessante, vou tentar fazer o da coluna principalmente, pois tenhos umas dores nas costas que as vezes me deixa pra baixo.

Bjks e boa semana.

Sonia

♥ Wilma ♥ disse...

Interessante o texto. Bom final de semana. bjosss

Eunice Alves disse...

Oi São!
passei pra deixar um beijo corridinho, como sempre su blog ta show.

Sonia Facion disse...

Oi São!!!!

Por onde andas que não apareces?

Saudade

Sonia

Ismael Facion disse...

Olá São!!!

Obrigado por responder ao convite da Sonia para vir conhecer o meu blog.

Tem receitinha nova no pedaço.

Que bom que seu marido também gosta de cozinhar, é bom, dá um descanso para a esposa.

Abraços

Trapinhartes disse...

Olá Algarve!
Adorei conhecer este blogue!

Convido-a a visitar o meu cantinho:
www.trapinhartes.blogspot.com

Inês Andrade disse...

Oi São, como vai amiga? Que interessante, ontem mesmo estava me lembrando de você, pensei comigo mesma que fazia um bom tempo que não visitava o seu blog e nem você o meu rsrsrsrs. Só não vim ao seu blog ontem mesmo porque fui ao cinema com minha filha e cheguei tão cansada que não entrei na net.E agora quando tive tempo para vir ao meu blog, olha você lá rsrsrsrsr Tivemos transmição de pensamento rsrsrsrsrs. Menina, você viu tadinho dos meus panos? E você viu as fotos delas uma postagem antes como ficou legal a decoupage, mas saiu, pior é que usei cola própria, a multicolage textil da Acrilex,devo ter feito algo errado, talvez até lavei de forma errada, porque lavei em máquina de lavar, sei lá.Quanto à matéria do seu blog, que ótima amiga.Muito útil.Não desapareça tá? Hoje aqui no Brasil é dia de finados e dia de todos os santos, é feriado, aí também é?Bom fim de semana amiga...Bjimmmmm

António Jesus Batalha disse...

Meu nome é António Batalha, estive a ver e ler algumas coisas de seu blog, achei-o muito bom, e espero vir aqui mais vezes. Meu desejo é que continue a fazer o seu melhor, dando-nos boas mensagens.
Tenho um blog Peregrino e servo, se desejar visitar ia deixar-me muito honrado.
Ps. Se desejar seguir meu blog será uma honra ter voce entre meus amigos virtuais, decerto irei retribuir com muito prazer. Siga de forma que possa encontrar o seu blog.
Deixo a minha benção e a paz de Jesus.