Bem vindos

Bem vindos
Neste blog vou colocar os selinhos que me dão e falar de tudo um pouco

segunda-feira, 2 de maio de 2011



Para a minha querida mãe dedico-lhe este Poema:



Mulheres fenomenais



Tenha sempre presente que a pele se enruga,
o cabelo embranquece, os dias convertem-se em anos.
Mas o que é importante não muda;
A tua força e convicção não têm idade.
O teu espírito é como qualquer teia de aranha.

Atrás de cada linha de chegada, há uma de partida.
Atrás de cada conquista, vem um novo desafio.
Enquanto estiveres viva, sente-te viva.
Se sentes saudades do que fazias, volta a fazê-lo.
Não vivas de fotografias amarelecidas.
Continua, quando todos esperam que desistas.
Não deixes que enferruje o ferro que existe em ti.
Faz com que em vez de pena, te tenham respeito.
Quando não conseguires correr através dos anos, trota.
Quando não conseguires trotar, caminha.
Quando não conseguires caminhar, usa uma bengala.
Mas nunca te detenhas!!!
Madre Teresa de Calcutá

5 comentários:

Larokitas disse...

Oi amiga!
Como estás?
Passei para deixar uma beijoca

silvia

Joana e Sofia disse...

Olá São

Bela homenagem à tua mamã.

Beijos
Joana e Sofia

M.JU disse...

Olá SÃO. BOA tarde.
Tudo bem?por cá sim.
Amiga além de mt trabalho não tenho tido net, o técnico saiu daqui agora,e eu como já estava com saudades, já estou a ver as novidades ,mas já vou o trabalho me chama,mas á noite trago novidades. Beijinhos zeza.

Renata Guidinha disse...

Querida São!
O meu tempo está super corrido (estou cuidando de meu pai que está doente), mas mesmo demorando muito a visitá-la, não me esqueço de vc.
Passeei por suas postagens (no outro blog também)que ainda não tinha lido e me deliciei. É muito bom poder saber um pouquinho mais do seu jeito de viver (local, o que aprecia...)
Um beijão
Renata http://cercaviva.blogspot.com/

cecilia disse...

OLÀ!!!!!!!!!!!!!!!!
Querida amiga eu referia-me á vaquita que publiquei.
Eu não vou embora daqui.
Não respondi ao seu comentário porque não tenho conseguidodeixar comentários.
Beijinhos:
Cecília Campos